Planejamento Sucessório via Holding: Como funciona?

Descubra como funciona o planejamento sucessório por meio de holding e como essa estratégia pode ajudar a proteger o patrimônio e facilitar a transmissão dos bens aos herdeiros. Leia agora nosso artigo!

Planejamento Sucessório via Holding
O empresário transfere o controle das empresas para a holding e pode estabelecer regras claras para a transferência patrimonial após a sua morte ou incapacidade (Imagem de Drazen Zigic no Freepik).

Um dos maiores desafios enfrentados pelos empresários é garantir a continuidade do negócio após a sua morte ou incapacidade. Isso porque, além das questões emocionais envolvidas, é preciso lidar com a complexidade da transferência patrimonial, tributária e sucessória.

Nesse contexto, o planejamento sucessório via holding tem se mostrado uma estratégia eficiente para garantir a continuidade dos negócios, preservar o patrimônio e reduzir os impactos tributários. Mas como funciona essa estratégia e quais são as suas principais vantagens? É o que veremos a seguir.

Veja também: Contabilidade Digital: O que é, como funciona e vantagens

O que é uma holding?  

Uma holding é uma empresa criada com o objetivo de controlar outras empresas. Ela pode ser classificada como pura (quando não exerce atividade operacional) ou mista (quando exerce atividade operacional e controla outras empresas).

Uma das principais vantagens da criação de uma holding é a possibilidade de redução de custos e de tributos. Isso porque as empresas controladas podem se beneficiar de incentivos fiscais e de uma gestão mais eficiente, o que resulta em uma redução de custos e, consequentemente, em um aumento da lucratividade.

Além disso, a holding também oferece vantagens em termos de planejamento sucessório, já que a transferência patrimonial entre as empresas controladas é mais simples e menos onerosa do que a transferência direta do patrimônio.

Contabilidade e Business Intelligence: A importância dos relatórios contábeis na tomada de decisão

Como funciona o planejamento sucessório via holding?

O planejamento sucessório via holding consiste na criação de uma holding que passa a controlar as empresas do grupo. Dessa forma, o empresário transfere o controle das empresas para a holding e pode estabelecer regras claras para a transferência patrimonial após a sua morte ou incapacidade.

Essas regras podem incluir a distribuição das cotas da holding entre os herdeiros ou a venda das cotas para terceiros, por exemplo. Além disso, o empresário também pode estabelecer regras para a gestão das empresas controladas, como a nomeação de um administrador ou a criação de um conselho de administração.

Saiba: Quanto custa um funcionário para minha empresa?

Quais são as vantagens do planejamento sucessório via holding?

Entre as principais vantagens do planejamento sucessório via holding, podemos destacar:

Redução de custos e de tributos

Ao criar uma holding, é possível se beneficiar de incentivos fiscais e de uma gestão mais eficiente, o que resulta em uma redução de custos e, consequentemente, em um aumento da lucratividade.

[Matéria]: Quais tributos incidem sobre uma Nota Fiscal?

Preservação do patrimônio

Ao transferir o controle das empresas para a holding, o empresário pode garantir a continuidade do negócio e a preservação do patrimônio.

[Matéria]: O que é Patrimônio Líquido e como calcular o valor?

Flexibilidade na transferência patrimonial

A holding oferece uma maior flexibilidade na transferência patrimonial entre as empresas controladas, o que torna o processo mais simples e menos oneroso.

[Matéria]: Holding Patrimonial: o que é, como funciona e como constituir.

Estabelecimento de regras claras

O empresário pode estabelecer regras claras para a transferência patrimonial e para a gestão das empresas controladas, o que evita conflitos e garante uma transição tranquila.

[Matéria]: Os 7 erros contábeis que podem colocar uma empresa em risco

A holding patrimonial não pode ser criada para evitar pagamento de tributos

Ao final do processo de criação da holding e da transferência dos bens e direitos, é necessário realizar o registro da empresa na Junta Comercial e no Cartório de Registro de Imóveis, caso haja imóveis envolvidos. Também é importante ressaltar que a holding não pode ser criada com o único propósito de reduzir ou evitar o pagamento de tributos, pois isso pode configurar a prática de elisão fiscal, que é considerada ilegal.

Vale lembrar que o planejamento sucessório por meio de holding não é a única opção disponível para as empresas e nem sempre é a mais indicada. É fundamental buscar a orientação de um profissional especializado em direito empresarial e tributário, que poderá avaliar o caso específico e apontar a melhor estratégia a ser adotada.

Como um ERP otimiza a gestão fiscal da empresa: conheça o Omie

Conclusão

O planejamento sucessório é uma questão importante a ser considerada por empresários, principalmente em razão das implicações tributárias e patrimoniais envolvidas. A criação de uma holding pode ser uma alternativa interessante para proteger o patrimônio e facilitar a transmissão dos bens aos herdeiros.

Por meio da holding, é possível centralizar a administração e a gestão dos bens e direitos, além de garantir maior segurança jurídica e proteção patrimonial. Ademais, a criação da holding pode gerar benefícios fiscais significativos, desde que seja feita de forma legal e adequada às necessidades da empresa e dos seus sócios.

É importante se atentar que o planejamento sucessório é um processo complexo e que envolve diversas questões jurídicas e tributárias, sendo necessário contar com a orientação de um profissional especializado. Portanto, é recomendável buscar o suporte de uma empresa de contabilidade, que poderá oferecer os recursos e o conhecimento necessário para a elaboração e execução de um planejamento sucessório eficiente.

Se você quer contar com uma assessoria contábil experiente, capaz de fornecer as melhores estratégias para sua empresa melhorar a performance financeira, conheça agora as soluções da CLM Controller.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × três =

By continuing, you agree that this website uses cookies solely for statistical purposes and functions that enhance your browsing experience, without personal tracking.